Orientações

Curso sobre educação financeira conta com expressiva participação de Oficiais de Justiça

Participantes elogiaram a iniciativa e disseram que pretendem aplicar as instruções no seu dia a dia. Evento foi realizado em parceria com o Sindicato dos Oficiais de Justiça

30/01/2019

Qual a importância de fazer um planejamento econômico? Quais as melhores opções de investimentos hoje no mercado? O que se deve ter em mente antes de fazer uma aplicação? Esses e outros assuntos foram abordados, na tarde de ontem, no curso “Educação financeira e opções de investimentos”, realizado no Auditório Agenor Studart do Fórum Clóvis Beviláqua pela Sicredi, em parceria com o Sindicato dos Oficiais de Justiça do Ceará (Sindojus-CE). O professor Marcus Vinicius Pereira Lima, que há 30 anos atua no mercado financeiro, foi o palestrante. Ele destaca que, apesar de ser uma questão muito importante na vida do brasileiro, pesquisa do Banco Central aponta que 56% da população não faz orçamento familiar, o que dificulta a realização de um planejamento.

“As pessoas têm uma cultura imediatista, de utilizar recursos de terceiros para suprir as despesas às vezes até de curto prazo, o que não é interessante, pois com as taxas de juros que temos no Brasil, muitas não vão conseguir cumprir esses compromissos”, comenta. Para elaborar um melhor planejamento econômico, Marcus Lima diz que é fundamental fazer um orçamento, que deverá envolver toda a família, já que o comprometimento é de todos.

Com relação aos investimentos, o especialista afirma que é preciso solicitar ao gerente do banco que seja feita uma Análise do Perfil do Investidor (API), para identificar o perfil da pessoa, que pode ser conservador, moderado ou agressivo. Em cima desse desse perfil vai ser possível desenhar um portfólio que ofereça o produto correto à pessoa. Pode-se também procurar um consultor financeiro, que poderá dar melhores orientações. Antes de fazer uma aplicação, Marcus alerta que é preciso pensar em três questões: rentabilidade, risco e liquidez. “Escrevam esse planejamento e procurem profissionais com experiência no mercado para que possam orientá-los a tomar a melhor decisão”, orienta.

Foto: Luana Lima

Avaliação

Agnon Barreira, Oficial de Justiça da comarca de Maranguape, elogiou a iniciativa e disse que o curso foi bastante instrutivo. “São informações super válidas que eu pretendo aplicar no dia a dia para economizar mais e fazer melhor uso do meu dinheiro”, disse. Ele, que tem a intenção de começar a fazer aplicações, comenta que na palestra buscou obter mais informações para evitar cair em armadilhas.

Já a oficiala de Justiça Francimeyre dos Santos buscava aprofundar os seus conhecimentos sobre finanças. “É bem fácil a gente gastar, às vezes até o que não tem, então acho que o professor desenvolveu bem sobre esse assunto. Aprendi um pouco sobre como gerir melhor as minhas finanças e como posso direcionar para elevar os recursos que possuo”, ressalta. O evento, que surgiu a partir de uma sugestão do diretor de Comunicação do Sindojus, Glauber Maia, que é também membro do Conselho Fiscal da Sicredi, contou com expressiva participação de oficiais e oficialas de Justiça.

Oficiais de JustiçaSindojuscursoeducação financeiraSocrediopções de investimentos

Deixe seu Comentário

Você deve estar logado para fazer um comentário. Clique aqui para entrar.