Nota de pesar

Oficiais de Justiça lamentam o falecimento do desembargador Arísio Lopes

“O desembargador Arísio Lopes era uma pessoa simples, humilde e que sempre teve com as entidades um tratamento respeitoso, na busca de soluções”, destacou Vagner Venâncio

08/04/2019

Foi com profundo pesar que a categoria dos Oficiais de Justiça do Ceará recebeu a notícia do falecimento, na madrugada do último sábado (6), do desembargador José Arísio Lopes da Costa. Vagner Venâncio, presidente do Sindicato dos Oficiais de Justiça do Ceará (Sindojus-CE), ressalta que a gestão de Arísio Lopes à frente do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), nos anos de 2011 e 2012, foi positiva para o tribunal, do ponto de vista de sua seriedade enquanto gestor, assim como para os servidores, considerando que teve importância relevante para a conquista da isonomia vencimental.

Foi a partir da criação de um grupo de trabalho na sua gestão, que se desenvolveu todo o estudo necessário para a garantia da isonomia, que veio a se concretizar posteriormente. “A gente salienta o desembargador Arísio Lopes como uma pessoa simples, humilde e que sempre teve com as entidades um tratamento respeitoso, na busca de soluções. Essas foram as marcas de sua gestão, portanto, a categoria fica consternada e lamenta profundamente o seu falecimento”, frisou.

Saiba mais

Nascido na cidade de Mombaça, Arísio Lopes ingressou na magistratura em 1971, tendo sido juiz nas comarcas de Fortaleza, Ipaumirim, Tianguá, Viçosa do Ceará, Várzea Alegre, Juazeiro do Norte. Além de ter respondido pelas comarcas de Ibiapina, São Benedito, Camocim, Jardim, Crato e Santana do Cariri. Ascendeu ao cargo de desembargador em outubro de 2000. Assumiu a vice-presidência do tribunal em 29 de janeiro de 2009 e, durante o biênio (2011/2012), foi presidente do TJCE. Após 42 anos de dedicação à justiça cearense, o magistrado despediu-se da Corte e se aposentou por tempo de serviço em 2013.

O Sindojus, em nome dos oficiais e oficialas de Justiça de todo o Estado, solidariza-se com os familiares e amigos do desembargador Arísio Lopes e roga a Deus que conforte os seus corações nesse momento de dor profunda.

*Com informações do site do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE)

SindojusTJCESindojus Cearánota de pesardesembargador Arísio LopesOficiais de Justiça isonomia vencimental

Deixe seu Comentário

Você deve estar logado para fazer um comentário. Clique aqui para entrar.