Valorização

Sindojus disponibiliza vídeos das palestras do I Seminário do Dia do Oficial de Justiça

Reflexões sobre o assédio e outras condutas abusivas na atuação profissional, e a Lei do Abuso de Autoridade foram as temáticas abordadas durante o evento. Confira!

09/06/2020
Fotos: Milton Figueiredo e Luana Lima

Conforme prometido, o Sindicato dos Oficiais de Justiça do Ceará (Sindojus-CE) disponibiliza na íntegra o vídeo de todas as palestras ministradas, assim como o depoimento dos participantes, do I Seminário do Dia do Oficial de Justiça. O evento contou com ampla participação da categoria, com representantes de todas as regiões do Estado, além de estudantes do curso de Direitos de universidades de Fortaleza. Promovido pelo Sindojus Ceará, o seminário foi realizado dia 12 de março, no 1º Salão do Júri do Fórum Clóvis Beviláqua, como parte da programação especial em alusão ao Dia do Oficial de Justiça, celebrado dia 25 de março, e trouxe como tema “O Oficial de Justiça: desafios e conquistas no cenário jurídico brasileiro”.

O corpo de palestrantes foi formado, na sua maioria, por Oficiais de Justiça. Entre eles, a oficiala Ana Karmen Fontenele, mestre em Direito pela Universidade Federal do Ceará (UFC), e Sidney Soares Filho, doutor e mestre em Direito Público, com área de atuação em Direito Constitucional e Processual. Para enriquecer os debates, o evento contou ainda com a participação da delegada Ana Cristina Lima e Silva, titular do 11º Distrito Policial e ex-plantonista da Delegacia de Defesa da Mulher. O tema das palestras foi “A mulher como Oficiala de Justiça e atos de violência: reflexões sobre o assédio e outras condutas abusivas na atuação profissional” e “A lei do abuso de autoridade e o Oficial de Justiça: ponderações ao exercício da profissão”.

Qualificação

Entre os participantes, sobraram elogios pela iniciativa da entidade de realização do evento. Vera Rouquayrol, oficiala de Fortaleza, disse que ficou surpreendida com o nível de qualificação dos palestrantes. “Eu achei o seminário de altíssimo nível, as pessoas escolhidas para palestrar são bastante capacitadas, eu não sabia que tinha tantos Oficiais de Justiça até com pós-doutorado”, confessou. Ela afirmou que as facilitadoras Ana Karmen e Ana Cristina destacaram pontos relevantes para o desempenho da função. “A delegada me deixou surpresa por trazer dados concretos do desempenho de sua função e tudo de forma bem-humorada. Trouxeram ganhos para o meu aprendizado diário, fiquei bem satisfeita”, elogiou.

“Eu achei o seminário de altíssimo nível, as pessoas escolhidas para palestrar são bastante capacitadas, eu não sabia que tinha tantos Oficiais de Justiça até com pós-doutorado”, elogiou Vera Rouquayrol, oficiala de Fortaleza

A oficiala Larissa Dantas, de Maracanaú, pontuou que o evento foi muito enriquecedor e que os assuntos abordados realmente precisam ser tratados, a exemplo da questão da violência contra a mulher e da Lei do Abuso de Autoridade. “Tem vários assédios que a gente sofre que acabam não chegando às autoridades. O abuso de autoridade também é outro tema de suma importância, pois na pressa do dia a dia pode acontecer de estarmos cometendo algum delito e colocando a nossa integridade em risco”, observou. Ela defende que mais eventos como esse sejam realizados para manter a categoria atualizada. “Além de solitário, o nosso trabalho é muito mecânico, automatizado e a gente acaba não se atualizando nesses aspectos, então eu acho que quanto mais discussões tiverem melhor”, sugeriu.

Aprendizado

Ângela Pinheiro, estudante do curso de Direito da Estácio e ex-aluna da oficiala Ana Karmen, afirmou que ficou prestigiada por participar do seminário, o qual agregou valor ao seu curso. Ela contou que vários pontos abordados pelo oficial Sidney haviam sido abordados naquela semana em sala de aula, o que contribuiu sobremaneira para o seu aprendizado. Com relação à palestra da violência contra a mulher, disse que foi de fundamental importância para entender um pouco mais sobre o assunto e ter conhecimento dos seus direitos.

“Vários pontos que as palestrantes abordaram ocorrem no dia a dia e a gente acaba dando um desconto para não prejudicar o chefe, um colega, mas você está sendo assediada e cada vez mais vai se oprimindo, mudando o que é por causa de uma pessoa desse estilo. É bom participar de palestras como essa, porque a gente adquire conhecimento e, quando vier a passar por uma situação como essa novamente, vamos saber que se trata de assédio e não vamos ter vergonha de falar. O que acontece é que nós mulheres temos vergonha. Sofremos a situação e ainda achamos que estamos erradas, quando não estamos”, frisou.

O evento foi realizado no dia 12 de março, no 1º Salão do Júri do Fórum Clóvis Beviláqua, como parte das comemorações do Dia do Oficial de Justiça

Elogio

Wagner Sales, coordenador da Central de Cumprimento de Mandados (Ceman) de Fortaleza parabenizou a toda a diretoria do sindicato pela realização desse importante seminário, que visa a aperfeiçoar a formação do Oficial de Justiça. “Trata-se de um evento que, em minha opinião, deveria se repetir mais vezes. São temas pertinentes ao dia a dia do Oficial de Justiça, ao desempenho das funções, portanto, deveria se pensar em mais cursos e palestras nesse sentido, com uma diversidade maior de temas”, opinou.

O Oficial de Justiça de Fortaleza e suplente da diretoria, Marden Vieira, observou que a iniciativa foi válida no sentido de dar foco ao trabalho do Oficial de Justiça, para que as pessoas compreendam a função que exercem para, a partir daí, valorizar o trabalho da categoria. “As palestras foram muito boas no sentido de mostrar que, para construirmos uma categoria cada vez mais forte, temos de nos preparar, de nos qualificar, porque o nosso trabalho é solitário, então se não estivermos preparados não vamos exercer bem. Muito oportuno o seminário, espero que aconteça mais vezes”, reforçou.

Vídeos dos palestrantes:
Oficiala Ana Karmen Fontenele – ACESSE AQUI.
Delegada Ana Cristina Lima – ACESSE AQUI.
Oficial Sidney Soares Filho – ACESSE AQUI.

Depoimentos:
Marden Costa Vieira – ACESSE AQUI.
Wagner Sales – ACESSE AQUI.
Daniel Melo – ACESSE AQUI.
Camila Fonteles – ACESSE AQUI.

Ainda não segue o Sindojus no YouTube? Aproveita, inscreva-se no canal da entidade e tenha acesso a todo o material disponibilizado em primeira mão pela diretoria.

Oficial de JustiçaSindojusSindojus CearáDia do Oficial de Justiça25 de marçocategoriaformaçãoI Seminário Dia do Oficial de JustiçaeventoLei do Abuso de Autoridadeviolência contra a mulherAna Karmen FonteneleSidney Soares FilhoAna Cristina Lima e Silvapalestrasdebates. formação
SIGA-NOS:

Deixe seu Comentário

Você deve estar logado para fazer um comentário. Clique aqui para entrar.