Condolências

Pleno do TJCE aprova Votos de Pesar pelo falecimento de quatro Oficiais de Justiça pela Covid-19

Além de entrar nos anais da Casa deverá ser feita uma comunicação às famílias enlutadas, bem como ao sindicato. Medida atente à solicitação feita pelo Sindojus, por meio do Ofício nº 41/2021

16/07/2021
Foto: Reprodução

Atendendo à solicitação feita pelo Sindicato dos Oficiais de Justiça do Ceará (Sindojus-CE) por meio do Ofício nº 41/2021, o Pleno do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) aprovou ontem, por unanimidade, os Votos de Pesar pelo falecimento dos Oficiais de Justiça: Marcos Antônio Uchoa de Freitas, aos 53 anos; José Afonso Soares , 52 anos; Geraldo Leite Pereira, 58 anos; e Leopoldo Piquiá, 84 anos. Além de entrar nos anais da Casa deverá ser feita uma comunicação às famílias enlutadas, bem como ao sindicato. “O nosso pesar como presidente dessa egrégia corte de justiça”, disse a desembargadora Nailde Pinheiro, chefe do judiciário cearense.

Saiba mais

Marcos Antônio Uchoa de Freitas, vítima da Covid-19, no ano de 2020. Aos 53 anos, o oficial contraiu o novo coronavírus e faleceu no dia 11/08/2020, em um hospital, em Fortaleza. Marcos Uchoa foi o primeiro oficial de justiça do Ceará, da ativa, que morreu em decorrência do novo coronavírus. Ele ingressou na carreira em setembro de 1997, quando assumiu na comarca de Assaré, e, posteriormente, se mudou para Caridade, onde atuou por diversos anos. Marcos, deixou a esposa, Débora, e três filhos: Marcos Vinícius, Paulo e Marcos Satyo.

José Afonso Soares, vítima da Covid-19, no ano de 2021. Aos 52 anos, o Oficial de Justiça que era lotado, na comarca de Maranguape, faleceu no dia 05/02/2021. José Afonso foi o segundo oficial de justiça do Ceará, da ativa, que morreu em decorrência do novo coronavírus. Ele ingressou na carreira em janeiro de 1996, quando assumiu na comarca de Quixeramobim, e, posteriormente, se mudou para Maranguape, onde atuava desde 2005. Afonso, deixou a companheira, Conceição Saraiva, e um filho, de 13 anos de idade.

Geraldo Leite Pereira, conhecido como Veriga, da comarca de Acopiara, faleceu aos 58 anos, no dia 12/06/2021. Ele foi o terceiro Oficial de Justiça da ativa morto pela Covid-19 no Ceará. O servidor do Poder Judiciário teve a confirmação de que estava contaminado com a doença do novo coronavírus no dia 26 de maio. Geraldo ingressou na carreira em março de 1990, quando assumiu na comarca de Acopiara e exerceu seu mister durante 31 anos. Além de Oficial de Justiça, profissão que exerceu durante tantos anos e da qual muito se orgulhava, Veriga era conhecido também no meio das vaquejadas, onde atuava como locutor. Ele deixou a esposa, Vanuzia e três filhos, de 27, 25 e 13 anos de idade.

Leopoldo Piquiá foi Oficial de Justiça por 35 anos, na Comarca de Farias Brito. Ele foi a óbito, no dia 22/07/2020, por Covid-19 e deixou a esposa, Terezinha, seis filhos e 11 netos. O falecimento do Oficial de Justiça aposentado Leopoldo Piquiá, sempre atuou na comarca de Farias Brito, unidade jurisdicional que desempenhou suas funções durante 35 anos.

Confira a votação no Pleno do TJCE do dia 15 de julho:

Oficiais de JustiçaLutoperdaSindojusTJCESindojus CearáPlenocomunicaçãoCovid-19pandemiamorteNailde PinheiroVotos de Pesarfamílias enlutadas
SIGA-NOS:

Deixe seu Comentário

Você deve estar logado para fazer um comentário. Clique aqui para entrar.