Expectativa

Sindojus parabeniza os novos dirigentes do TJCE

A escolha dos novos dirigentes ocorreu, de forma virtual, no dia 24 de setembro pelo Pleno da Corte. A posse será em janeiro de 2021

02/10/2020
Imagem: site do TJCE

O Sindicato dos Oficiais de Justiça do Ceará (Sindojus-CE) parabeniza e dá as boas-vindas aos novos gestores do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE). No último dia 24 de setembro, o Pleno da Corte, de forma virtual, elegeu a nova presidente do órgão, a desembargadora Maria Nailde Pinheiro Nogueira, para ocupar o cargo no biênio 2021/2023, o vice-presidente do TJCE, o desembargador Abelardo Benevides, e o corregedor-geral da Justiça do Estado, Paulo Airton Albuquerque. A posse ocorrerá em janeiro de 2021.

A desembargadora Maria Nailde Pinheiro Nogueira será a terceira mulher a assumir a presidência do órgão, cargo antes ocupado pelas desembargadoras Águeda Passos (1999-2001) e Iracema Vale (2015-2017). No discurso realizado no dia em que foi eleita, a desembargadora destacou como será desempenhado o seu trabalho. “Minha eleição para a Presidência do Tribunal de Justiça representa o compromisso com uma gestão aberta, transparente e participativa, voltada aos interesses de toda a sociedade cearense. Tenho consciência, como cada integrante do Judiciário cearense, da importância na prestação dos serviços aos jurisdicionados, sem perder de vista a sensibilidade e o acolhimento àqueles que buscam a Justiça”, ressaltou.

Confira os perfis dos novos gestores:

Maria Nailde Pinheiro Nogueira – nasceu no Município de Aurora, Interior do Ceará. É filha de João Pinheiro do Amaral e de Josefa dos Santos. Graduada em Direito, pela Universidade Federal do Ceará (UFC), turma de 1982, tem curso de Especialização em Direito Processual Civil, também pela UFC, sendo a autora do livro “O Direito Sucessório do Cônjuge e do Companheiro”. Antes de ingressar na magistratura, trabalhou como escrevente no Cartório Miranda Bezerra. Em 1986, iniciou a carreira de magistrada na Comarca de Marco, em seguida passou por Jucás, Icó, Acaraú, Santana do Acaraú, Saboeiro e Orós.

Em Fortaleza atuou na 11ª Vara Criminal, na 1ª Vara de Delitos de Tráfico e Uso de Substâncias Entorpecentes, e na 20ª Vara de Família e Sucessões, transformada na 4ª Vara de Sucessões. Foi promovida à desembargadora em 2009, exercendo atualmente o cargo de vice-presidente do TJCE. Além disso, no biênio 2015/2017, foi vice-presidente e corregedora do Tribunal Regional Eleitora do Ceará (TRE-CE) e ocupou a presidência daquela Corte entre 2017 e 2019.

Antônio Abelardo Benevides Moraes – Filho de José Moraes de Freitas e Zilma Benevides de Araújo Freitas, Abelardo Benevides nasceu em 22 de junho de 1956 no Município de Mombaça, Ceará. Tornou-se bacharel em Direito pela Universidade Federal do Ceará (UFC), em 1978, e fez pós-graduação pela UFC em convênio com a Escola Superior da Magistratura do Ceará e a Fundação Paulo Bonavides. Foi promotor de Justiça da Comarca de Pedra Branca, mas deixou o Ministério Público para ingressar na magistratura em 1984. A primeira comarca, já como juiz, foi Ubajara.

Em seguida atuou, como titular, em Jucás e Tauá, além de responder por outras unidades. Em 1991, assumiu a 22ª Vara Cível de Fortaleza, em seguida a 1ª Vara de Falências, e foi membro das Turmas Recursais da Capital. Já em 2006, ascendeu ao cargo de desembargador do TJCE. Atualmente é o presidente da 3ª Câmara de Direito Público do TJCE. No Tribunal Regional Eleitoral do Ceará, atuou como juiz eleitoral, além de assumir os cargos de desembargador, vice-presidente e corregedor eleitoral no biênio 2013-2015, e presidente entre 2015 e 2017.

Paulo Airton Albuquerque Filho – nasceu em 12 de setembro de 1959, no Município de Massapê. Graduado em Direito pela Universidade de Fortaleza (Unifor), possui mestrado em Direito e Gestão de Conflitos pela Unifor, com período na Colúmbia, na University School of Law. Também tem especialização em Direito Imobiliário Registral e Notarial pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA); em Direito Processual Civil, pelo Centro Universitário Farias Brito (FBUni); e em Direito Ambiental, pela Unifor. Está cursando doutorado em Ciências Políticas pela Universidade de Lisboa.

Atuou como professor na Unifor, na Faculdade Farias Brito, na Unifametro e Escola Superior da Magistratura do Ceará. Foi presidente da Comissão de Direito Ambiental e vice-presidente da Comissão de Direito Imobiliário, ambas da Ordem dos Advogados do Brasil – (OAB-CE). É desembargador do TJCE desde agosto de 2013, tendo ingressado pelo quinto constitucional na vaga reservada à OAB. É presidente da Comissão Organizadora do Concurso de Provas e Títulos para Outorga de Delegações de Notas e Registros do Estado do Ceará e atualmente integra a 1ª Câmara de Direito Público e preside a Comissão Especial de Avaliação e Alienação de Bens Imóveis.

*Com informações do site do TJCE.

SindojusTJCESindojus Cearáboas-vindaspresidente TJCENailde Pinheironovos gestores TJCE
SIGA-NOS:

Conteúdos Relacionados