Convite

Sindicato dos Oficiais de Justiça e a Comissão Corrente da Vida promovem o Treinamento Guardiões da Vida

O evento será no dia 20 de setembro, voltado para Oficiais de Justiça, servidores e magistrados do TJCE, membros do Ministério Público, da Defensoria Pública, da OAB-CE e demais colaboradores do judiciário. Inscreva-se!

09/09/2022
Arte: Lennon Cordeiro/Sindojus-CE

Como parte dos trabalhos que visam à promoção da saúde mental de servidores e magistrados do Poder Judiciário, o Sindicato dos Oficiais de Justiça do Ceará (Sindojus-CE) e a Comissão Corrente da Vida realizarão, no dia 20 de setembro, o Treinamento Guardiões da Vida. O evento será, às 15 horas, no Auditório Floriano Benevides do Fórum Clóvis Beviláqua, voltado não só para a categoria dos Oficiais de Justiça, mas também servidores e magistrados do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), membros do Ministério Público do Ceará (MPCE), da Defensoria Pública do Ceará, da Ordem dos Advogados do brasil – Secção Ceará (OAB-CE) e demais colaboradores do judiciário cearense.

A formação será ministrada por Edir Paixão, tenente-coronel do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CBMCE), mestre em saúde pública pela Universidade Federal do Ceará (UFC), com atuação na identificação e intervenção de pessoas em risco de suicídio; e pela promotora de Justiça Karine Leopércio, coordenadora do Programa Vidas Preservadas do MPCE.

Capacitação

Ao capacitar Guardiões, Edir explica que, além de reduzir suicídios consumados e tentativas de suicídio, pode-se melhorar as relações interpessoais no trabalho, reduzir a psicofobia (preconceito contra as pessoas que apresentam transtornos e/ou deficiências mentais), melhorar a qualidade de vida e o bem-estar do profissional. “O Guardiões da Vida aumenta essa consciência”, diz. A carga-horária é de três horas, o correspondente ao nível operador-aplicador. Será emitido certificado aos participantes. O curso é dividido em quatro passos:

1) Ensinar para os profissionais o que é o suicídio e como se dá a prevenção;
2) Ensinar como identificar os sinais de alerta para o suicídio;
3) E, ao ver alguém com sinais, fazerem uma acolhida focada na escuta e no diálogo;
4) Encaminhamento para os serviços de saúde.

“Os gestores são aqueles que vão potencializar os atos dentro de uma instituição para que as pessoas que fazem parte dela possam ter uma melhor qualidade de vida”, observa Edir Paixão

Além de Oficiais de Justiça, servidores e aqueles que compõem as carreiras jurídicas, Edir reforça a importância de integrantes da administração do TJCE também participarem do treinamento e terem essa sensibilidade acerca da promoção da saúde mental e do enfrentamento ao suicídio. “Os gestores são aqueles que vão potencializar os atos dentro de uma instituição para que as pessoas que fazem parte dela possam ter uma melhor qualidade de vida, um maior bem-estar, possam estar mais saudáveis, resilientes e, dessa forma, a gente possa ter, como consequência, uma diminuição do sofrimento, inclusive, de casos de adoecimento mental e do próprio suicídio e das tentativas”, destaca.

A promotora de Justiça Karine Leopércio falará sobre o programa que existe desde 2017 no Ministério Público, o Vidas Preservadas, o qual tem como objetivo fomentar políticas públicas, sendo ponte entre as diversas instituições no sentido de que seja formada uma rede para tirar dúvidas sobre o tema, assim como o fortalecimento da saúde psíquica do cidadão.

Comissão Corrente da Vida

A capacitação Guardiões da Vida faz parte do cronograma de atividades da Comissão Corrente da Vida, formada pela diretoria do Sindojus e por oficiais e oficialas de Justiça voluntários, a qual tem como objetivo fortalecer essa grande corrente em defesa da vida, com foco na promoção da saúde mental de Oficiais de Justiça e demais servidores e colaboradores do Poder Judiciário.

A primeira ação foi a realização, no dia 15 de junho deste ano, em Quixadá, da palestra “Preservação da saúde mental e da vida nas carreiras jurídicas – um debate urgente, que contou com a presença de três, dos quatro magistrados da comarca, além de representantes da OAB Subseção Sertão Central, do Ministério Público, da Defensoria Pública, do Corpo de Bombeiros, de servidores do Poder Judiciário, estudantes de Direito e uma comitiva formada por 32 oficiais e oficialas de Fortaleza e da região metropolitana.

Cuidado

“É preciso desacelerar, rever prioridades e reivindicar atitudes que nos permitam ter orgulho e satisfação em desempenhar nosso ofício. É preciso que nos cuidemos e, também, exijamos cuidado conosco”, destaca a oficiala Carla Barreto

A oficiala Carla Barreto, da comarca de Beberibe e uma das voluntárias desse nobre projeto, destaca que tem sido fundamental a participação e a interação de Oficiais de Justiça com os trabalhos da Comissão. “Essas ideias só poderão se converter em providências mais concretas se demonstrarmos, com presença e engajamento nos eventos, que esse tema importa e que ele emergiu por uma sobrecarga indevida de trabalho que, somada a outros fatores do cotidiano, têm nos adoecido”, frisa.

E acrescenta: “é preciso desacelerar, rever prioridades e reivindicar atitudes que nos permitam ter orgulho e satisfação em desempenhar nosso ofício, como também para todos os demais servidores do judiciário cearense. É preciso que nos cuidemos e, também, exijamos cuidado conosco”, reforça.

Busque ajuda profissional

A vida é sempre a melhor solução” é o slogan da Comissão Corrente da Vida. Tristeza, sensação de vazio, sentimento de culpa, baixa autoestima, sono e apetite alterados, cansaço, falta de concentração, irritabilidade, além de interpretação distorcida e negativa da realidade são alguns sintomas de depressão. Caso você esteja sentindo algo assim, lembre-se que para todo problema há solução. Não hesite em buscar ajuda profissional.

Em todo o Estado, esse apoio é prestado pelos Centros de Atenção Psicossocial (Caps) e por unidades como o Hospital de Saúde Mental Professor Frota Pinto (HSM) e o Hospital Universitário Walter Cantídio (HUWC). É feito atendimento também no Programa de Apoio à Vida (Pravida) da Universidade Federal do Ceará (UFC): (85) 3366.8149 e (85) 98400.5672. E de forma remota pelo Centro de Valorização da Vida (CVV), por meio do número 188 ou pelo site www.cvv.org.br.

Nos casos de urgência e emergência, deve-se acionar a Polícia Militar do Ceará (PMCE) pelo 190, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) no 192 ou o Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CBMCE) no 193.

Serviço:
Treinamento Guardiões da Vida
20 de setembro
15 horas
Auditório Floriano Benevides
Fórum Clóvis Beviláqua

Inscreva-se AQUI.

Vidas PreservadasTJCEKarine LeopércioSindojus CearáEdir Paixãoservidoresprevenção ao suicídioPoder JudiciárioCorpo de Bombeirostreinamentotoda vida importacapacitaçãoministério públicoComissão Corrente da Vidaem defesa da vidaOficiais de JustiçaGuardiões da VidaSindojus
SIGA-NOS:

Deixe seu Comentário

Você deve estar logado para fazer um comentário. Clique aqui para entrar.