Nota de pesar

Morre, aos 96 anos, o Oficial de Justiça Gerardo Ferreira Calaça

O oficial de justiça atuou na comarca de Tamboril por 35 anos. Ele faleceu, na manhã deste dia 31 de agosto, por insuficiência cardíaca

01/09/2020

É com profundo pesar que o Sindicato dos Oficiais de Justiça do Ceará (Sindojus-CE) informa o falecimento, aos 96 anos, do oficial de justiça aposentado Gerardo Ferreira Calaça, da comarca de Tamboril, onde sempre atuou durante os 35 anos que se dedicou à carreira. Ele faleceu, na manhã deste dia 31 de agosto, por insuficiência cardíaca. O sepultamento ocorreu ontem às 17 horas, em Tamboril.

O oficial de justiça deixou quatro filhos e dez netos. A filha adotiva Vilca Farias Calaça lembrou os momentos de dificuldades enfrentados pelo pai durante o exercício da profissão. “Ele cumpria os mandados a pé ou de bicicleta. Ele trabalhou muito pesado porque antes era mais difícil. Passava muito tempo fora de casa”, afirma Vilca, acrescentando que “foi um excelente pai, um excelente profissional. Era uma pessoa muito admirada pelo povo da cidade e da região”.

Solidariedade

O diretor jurídico do Sindojus, Carlos Eduardo Mello, se solidariza com amigos e familiares e relembra que teve contato com Gerardo Ferreira Calaça quando ingressou na carreira e a sua primeira comarca de atuação foi em Tamboril. “Lembro bem dele na calçada e por algumas vezes fiz questão de parar e ouvir as histórias da época que ele trabalhava como oficial de justiça. Sempre contou sobre as dificuldades, quando saía para o cumprimento de mandados em um domingo para retornar no domingo seguinte”, recorda-se.

O Sindojus Ceará, em nome dos oficiais e oficialas de justiça de todo o estado, lamenta profundamente, a partida de Gerardo Ferreira Calaça.

Oficiais de JustiçaLutoSindojusSindojus Cearánota de pesarsolidariedademorteTamborilGerardo Ferreira Calaça
SIGA-NOS:

Conteúdos Relacionados