Prevenção à Covid-19

Sindojus inicia entrega dos kits de EPI’s no interior do Estado

As comarcas de Itapajé, Irauçuba, Santa Quitéria, Camocim e Crateús, além das regionais do Cariri e Centro Sul, serão as próximas a receberem o material

23/04/2020
Os funcionário do Sindojus Anderson Costa e Fernando Araújo fazendo a entrega do kits à oficiala Júlia Silveira, de Quixadá

O Sindicato dos Oficiais de Justiça do Ceará (Sindojus-CE) iniciou, no último sábado (18), a entrega dos kits de Equipamentos de Proteção Individuais (EPI’s) nas comarcas do interior do Estado. As regiões do Vale do Acaraú e da Ibiapaba foram as primeiras a receberem o material. Ao todo, a coordenadora Márcia Sidrim recebeu 23 kits, a serem distribuídos aos oficiais e oficialas de: Sobral (10), Massapê (3), Forquilha (1), Santana do Acaraú (2), Frecheirinha (2), Mucambu (2), Cariré (1) e Meruoca (2).

Satisfeita com a ação, Márcia destacou que esses equipamentos são fundamentais para assegurar a proteção da categoria e das pessoas que possuem contato durante o cumprimento das diligências. “Para não infectarmos e nem sermos infectados por ninguém”, frisou. Ela lembra que, no interior, esses insumos estão em falta no comércio.

Na região da Ibiapaba, quem recebeu os kits foi o diretor do Sindojus e coordenador da Serra Grande, Régis Feijão. Ele agradeceu à diretoria pela iniciativa e preocupação com a saúde da categoria, sobretudo, neste momento crítico de pandemia da Covid-19, em que no interior do Estado a população enfrenta grande dificuldade de adquirir esses produtos. Na região, a distribuição dos 21 kits começou a ser feita no último dia 20.

No início desta semana, outros 15 kits foram entregues às comarcas de: Quixadá (6), Quixeramobim (3), Mombaça (2), Catarina (1) e Tauá (2) e Quiterianópolis (1). Seguindo o cronograma do Sindojus, as próximas a receberem o material serão: Itapajé, Irauçuba, Santa Quitéria, Camocim e Crateús, além das regionais do Cariri e Centro Sul.

Fornecimento de EPI’s

Ao todo, foram 300 kits, formados por máscara, luvas e álcool em gel, adquiridos em caráter emergencial enquanto a entidade aguarda decisão judicial e do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) sobre o fornecimento de EPI’s à categoria. O presidente Vagner Venâncio destaca que a aquisição desse material é urgente já que a quantidade que o sindicato conseguiu obter não será suficiente para atender a categoria durante todo esse período de distanciamento social, que ainda não se sabe quanto tempo deverá durar.

Na última prorrogação do decreto de isolamento social, na qual estende por mais 15 dias o fechamento de alguns negócios e setores no Ceará (até 5 de maio), o governador Camilo Santana aumentou o rigor das recomendações para diminuir as chances de contágio pela Covid-19. Apesar disso e dos diversos pedidos oficiados pelo Sindojus junto à administração do TJ e ao governo estadual, oficiais e oficialas continuam nas ruas trabalhando sem nenhum tipo de equipamentos de proteção, imprescindíveis para resguardar a saúde desses servidores e da população nesse período emergencial de pandemia do novo coronavírus.

Oficial de JustiçaCearáSindojusInteriorSindojus CearásaúdeentregacategoriacoronavíruspandemiaEPIsproteçãokitsprevenção à Covid-19medida emergencial
SIGA-NOS:

Deixe seu Comentário

Você deve estar logado para fazer um comentário. Clique aqui para entrar.