Reconhecimento

Ser pai é cuidar, amar e proteger. O Sindojus deseja a todos um Feliz Dia dos Pais!

Confira a homenagem especial que a entidade preparou. São relatos feitos pelos próprios Oficiais de Justiça sobre a desafiadora e gratificante missão de ser pai

11/08/2019

O que é ser pai? O que muda na vida de um homem depois que ele se torna pai? Ricardo de Melo Lopes, Oficial de Justiça de Fortaleza, conta que a sua vida deu uma reviravolta depois que passou a viver essa experiência. Mudou a vida social, a rotina da casa, do casal, a vida financeira, ao mesmo tempo em que experimentou o maior amor de todos. “Muda a sua vida completamente, você fica cheio de restrições com relação às programações que antes podia fazer, mas sem sombra de dúvidas foi a melhor coisa que poderia ter me acontecido. Os meus filhos são absolutamente tudo na minha vida, de forma literal”, afirmou.

Das lições que aprendeu com o seu pai, comenta o oficial, as que procura passar aos seus filhos é a honestidade e a educação. “Falar a verdade, só querer o que é meu e a educação. Eu recebi uma educação muito boa, então não tenho como fazer diferente”, frisou.

Fotos: Arquivo pessoal

Bênção

Na visão do Oficial de Justiça Edmilson de Paula, pai de quatro filhos e que tem ainda cinco netos, ser pai é doação, amor, compreensão, vitória e também uma bênção de Deus. Para ele, honestidade e palavra são os valores que aprendeu com o seu pai que e busca repassar à sua prole. O maior desafio, entretanto, é ver materializado tudo aquilo que foi planejado e transmitido a eles, e que sejam pessoas de bem. A retribuição de todo o esforço empreendido na criação e educação dos filhos Edmilson sente no cotidiano, a partir do respeito que os filhos demonstram ter por ele.

“Tenho filho que já está com 38 anos e ainda assim me escuta. Eles aceitam os conselhos que eu dou e põem em prática tudo aquilo que deve ocorrer na relação entre pai e filho”, disse orgulhoso.

Sonho

Roberto Galindo, Oficial de Justiça de Maracanaú, vai ter hoje o primeiro Dia dos Pais. A filha, de dez meses, chegou e já transformou completamente a vida dele e da esposa. “Estou muito feliz, é um sonho que está sendo realizado, não estou nem acreditando que hoje é Dia dos Pais e a nossa bebê está aqui”, comemorou. Para ele, ser pai não é só participar, é estar sempre junto da filha e ao lado da esposa. “É uma nova fase, a fase mais especial da minha vida”, confessou.

Porém, ele conta que os desafios existem e que são diários. “A cada dia ela vai crescendo e adquirindo novas formas de se comunicar, então a gente tem que se preparar todos os dias para dar a melhor educação à nossa filha”, frisou.

Emoção

Tem também oficial que está prestes a ser pai. É o caso de Raony Paula Pessoa, da comarca de Itapipoca. A previsão é de que a sua filha nasça ainda neste mês de agosto. Com ansiedade, ele fala sobre esse momento. “A expectativa é grande, é muita emoção, tem também um pouco de medo de como vai ser, mas é a realização de um sonho. A meta da vida é a chegada dessa princesa, só agora é que a vida vai estar completa”, enfatizou. Ele, que recentemente perdeu o avô, que era o seu pai, fala que a filha está vindo para preencher o vazio que ele deixou.

Herança

Vagner Venâncio, presidente do Sindicato dos Oficiais de Justiça do Ceará (Sindojus-CE), deseja a todos um feliz Dia dos Pais. “Que seja uma data de muito amor e paz, certos de que a nossa missão tem como pilar básico a educação. É papel nosso educar os filhos para que tenham humildade, determinação para o trabalho e serem pessoas de bem”, destacou.

Oficiais de JustiçaHomenagemSindojusDia dos paisSindojus Ceará Ricardo de MeloEdmilson de Paula

Deixe seu Comentário

Você deve estar logado para fazer um comentário. Clique aqui para entrar.