Saiu na imprensa

Principais veículos de comunicação do Ceará repercutem desaparecimento de Oficiala de Justiça aposentada

Caso foi destaque no G1CE, O Povo, Diário do Nordeste e Ceará Agora. Se você tem qualquer informação sobre o paradeiro de Maria Araújo de Mesquita ligue para os números: (85) 3257.4807 ou (85) 98701.2901

30/08/2021
Foto: Reprodução G1CE

O desaparecimento da Oficiala de Justiça aposentada Maria Araújo de Mesquita, de 68 anos, desde fevereiro deste ano, foi notícia nos principais veículos de comunicação do Ceará. O G1CE noticiou que “Oficiala de Justiça aposentada do Ceará está desaparecida há mais de seis meses”. O jornal O Povo trouxe como título “Oficiala de Justiça cearense de 68 anos está desaparecida desde fevereiro”. Já o Diário do Nordeste “Grande mistério’, diz filho de oficiala de Justiça desaparecida há 6 meses; polícia investiga”. O portal de notícias Ceará Agora também repercutiu o caso “Sindojus se reúne com delegado responsável pelo caso da oficiala Maria Araújo de Mesquita, que continua desaparecida”. O InfoJus Brasil, site de alcance nacional referência nas notícias do cargo de Oficial de Justiça, também repercutiu o caso: “Oficiala de Justiça do Ceará está desaparecida há mais de 6 meses”.

O caso vem sendo acompanhado de perto pelo Sindicato dos Oficiais de Justiça do Ceará (Sindojus-CE). Para buscar mais informações, a entidade se reuniu, no último dia 19 de agosto, com o delegado Ícaro Gomes Coelho, na 12ª Delegacia do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Ele informou que o inquérito continua em andamento e, pelo tempo de desaparecimento – já são 194 dias de angústia e incerteza –, trata-se de um caso típico fora da curva.

A notícia ficou entre as mais lidas do jornal O Povo. Foto: Reprodução

Investigações

De acordo com o delegado, pelo menos dez pessoas já foram ouvidas. Será solicitada a quebra de sigilos bancários junto à justiça. Foi coletado também material genético do filho da oficiala, Ferdinando Aragão, que reside em Brasília. Ícaro Gomes Coelho explicou que o caso requer cautela e, por esse motivo, algumas informações não poderiam ser repassadas, para não atrapalhar as investigações.

Acompanhamento

O Sindojus oficiou o Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) comunicando o ocorrido. A entidade colocou a Assessoria Jurídica à disposição da família e vem mantendo contato com as autoridades competentes. A entidade está em contato com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS) e ainda nesta semana fará uma visita institucional para tratar sobre o desaparecimento da oficiala.

Veja o que saiu na imprensa:

G1CE“Oficiala de Justiça aposentada do Ceará está desaparecida há mais de seis meses”

O Povo“Oficiala de Justiça cearense de 68 anos está desaparecida desde fevereiro”

Diário do Nordeste“Grande mistério’, diz filho de oficiala de Justiça desaparecida há 6 meses; polícia investiga”

Ceará Agora“Sindojus se reúne com delegado responsável pelo caso da oficiala Maria Araújo de Mesquita, que continua desaparecida”

InfoJus Brasil“Oficiala de Justiça do Ceará está desaparecida há mais de 6 meses”

CETV 1ª EdiçãoQuadro “A falta que você faz”: família procura idosa desaparecida

Se tiver informações sobre o paradeiro de Maria Araújo de Mesquita ligue para os números: (85) 3257.4807 ou (85) 98701.2901.

Oficial de JustiçaSindojusSindojus CearáO PovoclippingDiário do Nordesteimprensarepercussãodeu na mídiaCeará Agoraoficiala de JustiçaPolícia CivilInfoJus BrasildesaparecidaMaria Araújo de MesquitabuscasDHPPsaiu na imprensadesaparecimentoprocura-seG1CECETV 1ª Ediçãoprocurainvestigaçõesinquérito policial
SIGA-NOS:

Deixe seu Comentário

Você deve estar logado para fazer um comentário. Clique aqui para entrar.