Nota de pesar

Morre, aos 76 anos, o Oficial de Justiça César Maria Lima de Araújo

O velório foi realizado na Ethernus e o sepultamento ocorreu, na manhã de hoje, no Cemitério da Parangaba. Ele deixa a esposa, quatro filhos, seis netos e duas bisnetas

28/05/2019

É com profundo pesar que o Sindicato dos Oficiais de Justiça do Ceará (Sindojus-CE) informa o falecimento, aos 76 anos, do Oficial de Justiça aposentado César Maria Lima de Araújo. Cesarel, como era conhecido, lutava contra a doença de alzheimer e faleceu, às 15h40 de ontem, por complicações decorrentes da enfermidade. Ele deixa a esposa, Maria Gleide Luna, quatro filhos, seis netos e duas bisnetas. Sua esposa, com quem conviveu durante 33 anos, conta que César era simples e brincalhão. “Era uma pessoa boa, calma, para ele tudo estava bom, não se preocupava com a vida de ninguém”, disse.

O velório foi realizado na Ethernus Complexo Funerário e o sepultamento ocorreu, na manhã de hoje, no Cemitério da Parangaba. Margarida Brasil, diretora dos Aposentados do Sindicato dos Oficiais de Justiça do Ceará (Sindojus-CE), comentou que César era uma pessoa bem humorada, que estava sempre alegre. “Era um ser humano prestativo e um oficial da melhor qualidade, em todos os sentidos. Nunca ‘Cesarel’ reclamou da vida”, afirmou.

O Oficial de Justiça César Maria Lima de Araújo com o seu filho, durante o 5º Encontro dos Aposentados, realizado em setembro de 2017. Foto: Milton Figueiredo/Sindojus Ceará

Solidariedade

O Sindojus Ceará, em nome de toda a categoria, lamenta profundamente tão significativa perda e roga a Deus que conforte o coração dos familiares e amigos de César Maria Lima de Araújo nesse momento de dor profunda.

Oficial de JustiçaSindojusSindojus Cearánota de pesaraposentadoCésar Maria Lima de AraújoCesarel
SIGA-NOS:

Deixe seu Comentário

Você deve estar logado para fazer um comentário. Clique aqui para entrar.