Nota de pesar

Morre, aos 76 anos, o Oficial de Justiça César Maria Lima de Araújo

O velório foi realizado na Ethernus e o sepultamento ocorreu, na manhã de hoje, no Cemitério da Parangaba. Ele deixa a esposa, quatro filhos, seis netos e duas bisnetas

28/05/2019

É com profundo pesar que o Sindicato dos Oficiais de Justiça do Ceará (Sindojus-CE) informa o falecimento, aos 76 anos, do Oficial de Justiça aposentado César Maria Lima de Araújo. Cesarel, como era conhecido, lutava contra a doença de alzheimer e faleceu, às 15h40 de ontem, por complicações decorrentes da enfermidade. Ele deixa a esposa, Maria Gleide Luna, quatro filhos, seis netos e duas bisnetas. Sua esposa, com quem conviveu durante 33 anos, conta que César era simples e brincalhão. “Era uma pessoa boa, calma, para ele tudo estava bom, não se preocupava com a vida de ninguém”, disse.

O velório foi realizado na Ethernus Complexo Funerário e o sepultamento ocorreu, na manhã de hoje, no Cemitério da Parangaba. Margarida Brasil, diretora dos Aposentados do Sindicato dos Oficiais de Justiça do Ceará (Sindojus-CE), comentou que César era uma pessoa bem humorada, que estava sempre alegre. “Era um ser humano prestativo e um oficial da melhor qualidade, em todos os sentidos. Nunca ‘Cesarel’ reclamou da vida”, afirmou.

O Oficial de Justiça César Maria Lima de Araújo com o seu filho, durante o 5º Encontro dos Aposentados, realizado em setembro de 2017. Foto: Milton Figueiredo/Sindojus Ceará

Solidariedade

O Sindojus Ceará, em nome de toda a categoria, lamenta profundamente tão significativa perda e roga a Deus que conforte o coração dos familiares e amigos de César Maria Lima de Araújo nesse momento de dor profunda.

Oficial de JustiçaSindojusSindojus Cearánota de pesaraposentadoCésar Maria Lima de AraújoCesarel

Deixe seu Comentário

Você deve estar logado para fazer um comentário. Clique aqui para entrar.