Congresso Nacional dos Oficiais de Justiça

Delegação do Ceará elogia organização do III Conojus e afirma que será multiplicadora dos conhecimentos adquiridos

O Estado foi representado por 18 oficiais e oficialas das comarcas de: Fortaleza, Aquiraz, Caucaia, Horizonte, Chorozinho, Ibiapina, Umirim, Sobral e Tiaguá. O Piauí será o próximo estado a sediar o evento, em 2023

28/03/2022
Fotos: Luana Lima/Sindojus Ceará/III Conojus/Sindojus-MG

A delegação de Oficiais de Justiça do Ceará presente ao III Congresso Nacional dos Oficiais de Justiça (Conojus) elogiou a organização do evento, que proporcionou uma rica troca de informações e conhecimentos, e afirma que será multiplicadora das informações adquiridas. Foram dois dias de aprofundados debates sobre diversos temas inerentes à categoria, entre eles: a democracia como princípio maior da Constituição brasileira; esperanças renovadas com a Frente Parlamentar dos Oficiais de Justiça (FPO); direito digital e privacidade; a saúde mental do Oficial de Justiça; nova lei do abuso de autoridade; conciliação; ética e sustentabilidade no Poder Judiciário; as novas atribuições do Oficial de Justiça; e os desafios da mulher Oficiala de Justiça.

O Estado foi representado por 18 oficiais e oficialas das comarcas de: Fortaleza, Aquiraz, Caucaia, Horizonte, Chorozinho, Ibiapina, Umirim, Sobral e Tiaguá. Márcia Sidrim, da comarca de Sobral, considerou válido ter participado do congresso e afirmou que é o primeiro de muitos que participará. “É uma troca de informações e conhecimentos, você vê a realidade de outros estados, o que acrescenta demais. Os temas foram excelentes. Tenho bastante conhecimento para levar de volta à comarca de Sobral. Vou compartilhar com os meus colegas e incentivar todos eles a participarem do próximo Conojus, que será no Piauí. Vamos prestigiar o nosso estado vizinho. Que vá uma comissão bem maior”, frisou.

“Tenho bastante conhecimento para levar de volta à comarca de Sobral. Vou compartilhar com os meus colegas e incentivar todos eles a participarem do próximo Conojus, que será no Piauí. Vamos prestigiar o nosso estado vizinho”, convocou Márcia Sidrim

Interação

Eveline Jaguaribe, oficiala de Fortaleza que participou pela primeira vez do evento, exaltou a organização. “A gente interage com Oficiais de Justiça de outros estados, atualiza-se dos assuntos e adquire novos conhecimentos. É uma excelente troca de ideias, você vê que as dificuldades que enfrentamos são as mesmas dos Oficiais de Justiça de todo o Brasil”, observou. Ela complementou que amou o congresso e que participará do próximo.

Pela primeira vez no Conojus, a oficiala Ana Célia de Souza, da comarca de Ibiapina, agradeceu ao presidente do Sindicato dos Oficiais de Justiça do Ceará (Sindojus-CE), Vagner Venâncio, pelo incentivo para que a categoria se fizesse presente, e reforçou a importância de uma maior adesão, para fortalecer a pauta dos Oficiais de Justiça. “A gente pôde conhecer as dificuldades de cada estado e avaliar onde é possível melhorar. Essa troca de informações é muito importante para o fortalecimento da nossa categoria. Parabenizo toda a organização do evento, foi excelente, com certeza participarei do próximo”, garantiu.

Mesmo aposentada, as oficialas Ana Paula Sampaio e Eunice de Almeida fizeram questão de prestigiar o Conojus. Ana Paula, que marcou presença na segunda edição do evento em Goiânia, em 2019, comentou que achou interessante o painel sobre as novas atribuições do Oficial de Justiça, assim como as lutas políticas que terão de ser empreendidas no sentido de valorização do cargo. “Achei muito organizado, gostaria de parabenizar o pessoal de Minas Gerais pela estrutura e diversificação dos temas abordados nas palestras”, pontuou.

Agradecimento

Vagner Venâncio, presidente do Sindojus Ceará, parabenizou o diretor Geral do Sindojus Minas Gerais, Eduardo Rocha, pela organização desta terceira edição do Conojus, que foi um sucesso, assim como à Federação das Entidades Sindicais dos Oficiais de Justiça do Brasil (Fesojus-BR), co-organizadora do evento. “Você já demonstrou competência à frente do sindicato de Minas e agora mais uma vez, como uma pessoa que nos recepcionou muito bem, então só tenho a agradecer. Os colegas do Ceará tiveram uma experiência muito rica, vocês estão de parabéns”, enfatizou.

Oficiais de JustiçapleitosSindojus CearápautavalorizaçãoConojusCongresso Nacional dos Oficiais de JustiçacategoriamobilizaçãoIII ConojusMinas GeraisSindojus Minas Gerais
SIGA-NOS:

Deixe seu Comentário

Você deve estar logado para fazer um comentário. Clique aqui para entrar.