Maquete eletrônica

Confira o projeto da nova sede do Sindicato dos Oficiais de Justiça do Ceará

Quatro pilares foram priorizados: conforto, modernidade, acessibilidade e funcionalidade. A próxima etapa será a escolha da empresa que fará a construção do imóvel

05/08/2019

A construção de uma nova sede para o Sindicato dos Oficiais de Justiça do Ceará (Sindojus-CE), que esteja à altura da categoria, é um sonho antigo que está cada vez mais próximo de se tornar realidade. Finalizada a etapa da demolição do antigo imóvel – situado à Rua Adolfo Moreira de Carvalho, 46, bairro Edson Queiroz –, a diretoria apresenta o vídeo feito pela Idealize Engenharia, empresa responsável pelo projeto arquitetônico, no qual são apresentados alguns ambientes, entre eles a fachada da entrada, uma visão panorâmica de como vai ficar o prédio, a recepção, o auditório, além da sala de reuniões e da presidência.

O imóvel terá térreo, primeiro e segundo andar, todos acessíveis à pessoa com deficiência. O térreo terá uma vaga destinada ao veículo da entidade, recepção, sala de arquivo, dois banheiros acessíveis, sala de convivência, financeiro, jurídico e cozinha. No primeiro andar ficarão: a sala de reuniões, dois banheiros, um espaço para o data center (onde ficará o servidor e seus equipamentos auxiliares), sala de estudos, comunicação com estúdio, sala da diretoria e da presidência. No segundo andar ficará o auditório (com capacidade para 50 pessoas), dois banheiros, área de convivência e uma plataforma elevatória para idosos e pessoas com deficiência.

Pilares

Ao pensar no projeto, a diretoria priorizou quatro pilares: conforto, modernidade, acessibilidade e funcionalidade. “Foi uma grande preocupação nossa a questão da acessibilidade e da funcionalidade. Não adiantava nada fazer uma sede pequena e nem grande demais, ela tinha de ser prática e atender ao modernismo da construção civil”, observou o diretor de Patrimônio, José de Mendonça.

A próxima etapa será a escolha da empresa que fará a construção do imóvel. Para isso, está sendo elaborado um edital com todas as exigências e, as empresas que tiverem interesse, desde que atendam a todos os requisitos, poderão concorrer dentro do prazo a ser estabelecido. “Não necessariamente a vencedora será a com menor preço, nós precisamos de uma empresa que tenha know-how, com um vasto portfólio de construção e que prove a qualidade de suas obras”, salientou o diretor de Patrimônio.

Alvarás

Paralelo ao processo de escolha da empresa vai ser feito o pedido de autorização da construção junto aos órgãos competentes da Prefeitura. Para cada projeto deverá ser emitido um alvará, entre eles há o projeto da construção civil, da prevenção de combate e incêndio, elétrico, hidráulico, verde etc. Como se trata de tarefa burocrática, não se sabe quando esse trâmite será finalizado. Iniciada a obra, o prazo para conclusão será em torno de 12 meses. Ainda que não possa precisar uma data, a expectativa da diretoria é de que a construção seja iniciada ainda neste ano.

A categoria deverá ficar atenta, pois em breve será convocada para uma Assembleia Geral Extraordinária (AGE) para deliberar sobre a construção da nova sede.

Oficiais de JustiçaSindojusSindojus Cearánova sedeEditalconstruçãocategoriasonhoalvarás

Deixe seu Comentário

Você deve estar logado para fazer um comentário. Clique aqui para entrar.