Nota de pesar

Morre, aos 62 anos, o Oficial de Justiça Walter Peixoto Sobrinho

Ele deixa a esposa, cinco filhos e cinco netos. O velório está sendo realizado no Cemitério Jardim Metropolitano. A missa de corpo presente será às 15h e o sepultamento, às 15h30, no mesmo local

25/08/2021
Fotos: Arquivo pessoal

É com profundo pesar que o Sindicato dos Oficiais de Justiça do Ceará (Sindojus-CE) informa o falecimento, na madrugada de hoje, do Oficial de Justiça da Central de Cumprimento de Mandados Judiciais (Ceman) de Fortaleza, Walter Peixoto Sobrinho, aos 62 anos. Ele deixa a esposa, cinco filhos e cinco netos. O velório teve início às 13h30, no Cemitério Jardim Metropolitano. A missa de corpo presente será às 15h e o sepultamento às 15h30, no mesmo local. Waltinho, como era conhecido pelos colegas de profissão, lutava há cerca de um ano contra um câncer de pâncreas. Ele foi a óbito por volta das 2h de hoje por complicações da doença.

Bastante emocionada, a esposa, Humbertina Tenório de Carvalho, com quem Walter foi casado durante 33 anos, mesmo tempo que ele tinha de Oficial de Justiça, comenta que o marido adorava a profissão e se sentia muito bem fazendo o trabalho. Nutria também grande paixão pelo Fortaleza Esporte Clube. “Ele era doente pelo Fortaleza e muito apaixonado pela família. Um bom marido, filho e excelente pai. Uma pessoa alegre e divertida”, disse sem conseguir conter as lágrimas.

Comoção

“Gente boníssima, excelente profissional, pessoa muito decente. A categoria está de luto pelo falecimento do Walter. Que Deus o receba e conforte a família. Vai em paz, meu amigo”, disse o presidente do Sindojus, Vagner Venâncio

A notícia da morte de Waltinho causou grande comoção na categoria dos Oficiais de Justiça. As manifestações foram unânimes de que ele era uma excelente pessoa e profissional. “Gente boníssima, excelente profissional, pessoa muito decente. A categoria está de luto pelo falecimento do Walter. Que Deus o receba e conforte a família, a sua esposa e filhas. Vai em paz, meu amigo”, ressaltou o presidente do Sindojus, Vagner Venâncio. “Uma pena, gente muito boa. Que Deus conceda força aos familiares nesse momento de dor”, disse o diretor Luciano Júnior.

“Meu Deus, gente fina, uma pessoa do bem. Trabalhei com ele no Juizado da Infância e da Juventude, ele lotado na 2ª Vara e eu na 3ª. Que Deus o tenha e conforte o coração de seus familiares”, frisou Francisco Rolando Vasconcelos. “Gostava muito dele, que Deus o receba”, externou Ielva Stela. “Grande perda profissional e humana”, enalteceu Marden Vieira. “Meus sentimentos, perdemos um grande profissional e amigo. Que Deus o receba em sua glória”, disse Rodrigo Guimarães.

Solidariedade

O Sindojus, em nome dos oficiais e oficialas de Justiça de todo o Ceará, lamenta profundamente tão significativa perda e roga a Deus que conforte o coração dos familiares e amigos de Walter Peixoto Sobrinho nesse momento de dor profunda. Em respeito à memória do Oficial de Justiça, o Sindojus Ceará decreta luto oficial de três dias.

CemanWalter Peixoto SobrinhoLutoperdaOficial de JustiçaSindojusSindojus CearáFortalezanota de pesar
SIGA-NOS:

Deixe seu Comentário

Você deve estar logado para fazer um comentário. Clique aqui para entrar.