Canal de diálogo

Corregedor-Geral Paulo Airton Albuquerque se reúne com Oficiais de Justiça da comarca de Sobral

O encontro foi realizado, na última sexta-feira (3), no Salão do Júri. A categoria avalia o encontro como positivo e elogia a postura pacificadora e conciliadora do desembargador

08/09/2021

Como parte dos desdobramentos do encontro da diretoria do Sindicato dos Oficiais de Justiça do Ceará (Sindojus-CE) com a Corregedoria-Geral da Justiça do Ceará (CGJ-CE), realizado no dia 19 de agosto, quando foram debatidas pautas de interesse dos Oficiais de Justiça, o corregedor-geral, desembargador Paulo Airton Albuquerque, reuniu-se, na última sexta-feira (3), com oficiais e oficialas da comarca de Sobral, quando pôde ouvir diretamente da categoria as demandas referentes àquela comarca, sobretudo, no que se refere ao cumprimento das normas que tratam do trabalho do Oficial de Justiça, a exemplo da Portaria nº 05/2021 e da Lei nº 16.273/2017, do Fundo Especial de Custeio das Despesas com Diligências dos Oficiais de Justiça (FECDOJ), a qual estabelece o recolhimento antecipado das despesas com diligências.

O encontro foi realizado no Salão do Júri e contou com a participação de nove oficiais e oficialas. Antônio Martins avalia o encontro como positivo, no sentido de que o corregedor conheceu um pouco da realidade do Oficial de Justiça. Acrescenta ainda que a categoria viu no corregedor-geral uma pessoa aberta ao diálogo, além de uma figura conciliadora e pacificadora para evitar conflitos administrativos dentro da instituição.

“Ele se colocou à disposição para toda vez que qualquer um de nós precisar de alguma orientação, que a Corregedoria estava totalmente disponível a nós. A gente viu ali, com a presença do corregedor, um canal de diálogo. Todos os que se manifestaram foram ouvidos e foi uma conversa bem amigável”, frisa.

Cooperação

O presidente Vagner Venâncio agradece ao desembargador Paulo Airton Albuquerque pelo respeito à categoria e espírito de cooperação, e observa que o cumprimento das normas, sobretudo, no que diz respeito ao recolhimento antecipado das despesas com diligências dos Oficiais de Justiça, conforme consta na legislação, deve valer para magistrados de todas as comarcas. Reforça que servidores e magistrados fazem parte da mesma estrutura, a do Poder Judiciário, e que esse espírito de colaboração sempre foi fomentado pela entidade.

“O que se espera é que esse encontro traga bons resultados, até porque Sobral é uma comarca altamente demandada, com diversas unidades judiciárias, e a produtividade dos valorosos Oficiais de Justiça lá lotados é altíssima, em muito contribuindo para a excelência na prestação jurisdicional”, disse. Em breve, a comarca deverá ganhar duas agregadas – Forquilha, Meruoca e Mucambo, além de outras duas vinculadas: Pajucá e Alcântaras.

Oficiais de JustiçaOficial de JustiçareuniãoSindojusSindojus CearádiálogoVagner VenânciodiligênciasSobralconciliaçãorespeito às normasrecolhimento antecipadoCorregedor-Geral da Justiçadesembargador Paulo Airton Albuquerquecanal de diálogopacificaçãoAntônio Martins
SIGA-NOS:

Deixe seu Comentário

Você deve estar logado para fazer um comentário. Clique aqui para entrar.