Crimes de corrupção

30 Oficiais de Justiça participam da Operação Dissimulare

A atuação da categoria foi evidenciada diante da necessidade de arrecadação de objetos e bens destinados à recuperação de ativos aos cofres públicos

01/09/2017
Foto: Divulgação

Trinta Oficiais de Justiça participaram da Operação Dissimulare – para prender empresários e auditores da Secretaria da Fazenda (Sefaz) por crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. São mandados de prisão, busca e apreensão de valores e bens para garantir o ressarcimento ao erário. Só nesta manhã, nove pessoas foram presas. O trabalho foi iniciado a partir de investigações desenvolvidas pela Delegacia de Crimes Contra a Administração e Finanças Públicas (DCAFP).

Entre os capturados estão dois auditores da Secretaria da Fazenda, três empresários e um membro de grupo criminoso. Com eles, os Oficiais de Justiça, juntamente com a polícia, apreenderam diversos materiais como documentos, carros e joias, entre outros bens. 

A participação dos Oficiais de Justiça foi evidenciada diante da necessidade de arrecadação de objetos e bens destinados à recuperação de ativos aos cofres públicos, como jóias, relógios, pedras preciosas, valores em moeda, etc. Já as equipes da Polícia Civil ficaram responsáveis pela apreensão dos objetos relacionados à prova dos crimes e pela efetivação das prisões. 

*Com informações do Diário do Nordeste

 

Oficiais de JustiçaOperação Dissimulareressarcimento ao eráriocumprimento de mandados

Deixe seu Comentário

Você deve estar logado para fazer um comentário. Clique aqui para entrar.