Nota de pesar

Morre o pai do Oficial de Justiça Daniel Cordeiro

O culto está sendo realizado neste momento na Funerária Ternura e o sepultamento será, às 10 horas, no Cemitério Parque da Paz

16/04/2018

É com profundo pesar que o Sindicato dos Oficiais de Justiça do Ceará (Sindojus-CE) informa o falecimento, na manhã de ontem, aos 93 anos, de Paulo Brasil Cordeiro, pai do Oficial de Justiça Daniel Cordeiro, lotado na Ceman de Fortaleza. Internado há cerca de um ano, ele faleceu em decorrência de complicações da doença de Parkinson, Alzheimer e chikungunya. O culto está sendo realizado neste momento na Funerária Ternura e o sepultamento será, às 10 horas, no Cemitério Parque da Paz.

Seu Paulo deixa a esposa, Marinete Cordeiro, quatro filhos, sete netos e quatro bisnetos. Emocionado, Daniel comentou que seu pai era um homem maravilhoso, bastante querido por todos. “Não tenho nada para dizer dele, só agradecer pelo pai que ele foi”, enalteceu.

Solidariedade

A diretoria do Sindojus, em nome dos oficiais e oficialas de Justiça de todo o Estado, se solidariza com Daniel Cordeiro nesse momento de dor profunda e pede a Deus que conforte o seu coração, assim como dos familiares e amigos de seu Paulo.

Lutonota de pesarDaniel CordeiroPaulo Brasil Cordeiro

Deixe seu Comentário

Você deve estar logado para fazer um comentário. Clique aqui para entrar.