Força-tarefa

Sindojus realiza visita a comarcas com quadro deficitário de Oficiais de Justiça

Tauá será a próxima a ser visitada. Os dirigentes sindicais estarão amanhã (17) na comarca para prestar suporte às oficialas da Central de Mandados Judiciais (Ceman)

17/03/2022

Dando continuidade ao cronograma de visitas às comarcas que se encontram com quadro deficitário de Oficiais de Justiça e grande quantidade de mandados acumulados, o Sindicato dos Oficiais de Justiça do Ceará (Sindojus-CE), representado pelo presidente Vagner Venâncio e pelo diretor Jurídico Carlos Eduardo Mello, estará, nesta sexta-feira (17), em Tauá. Viçosa, Jijoca de Jericoacoara, Trairi, Forquilha e Santa Quitéria são outras comarcas que deverão receber a visita dos dirigentes sindicais.

Nos últimos dias 10 e 11 de março os representantes da categoria estiveram em Granja, onde prestaram suporte a Denilson Albuquerque Filho. Ele, que é o único Oficial de Justiça lotado na comarca, encontra-se com cerca de mil mandados na fila de trabalho, quantitativo humanamente impossível de ser cumprido e que vem gerando adoecimentos ao servidor.

Mutirão

A estratégia é, por meio de um mutirão, identificar as medidas que perderam objeto e já podem ser devolvidas, visando a desafogar as demandas do Oficial de Justiça e acelerando o andamento da prestação jurisdicional. É feito, dentro do sistema eletrônico e nos mandados ainda físicos que aguardam cumprimento, um trabalho minucioso de identificar essas ordens judiciais.

Ainda como parte da programação da última viagem, os dirigentes visitaram as 1ª e 2ª Varas, onde conversaram com os servidores sobre a carência de Oficiais de Justiça na comarca, buscando sensibilizá-los sobre a situação de sobrecarga de trabalho em que se encontra Denilson. A equipe demonstrou empatia e, dentro do espírito de cooperação, comprometeu-se a colaborar com o oficial.

Camocim

Na última sexta-feira (11), a diretoria esteve no Fórum de Camocim, onde se reuniu com os Oficiais de Justiça Sílvio Laeth, Wilson Oliveira e Júlio César Vieira, este último da comarca de Chaval, para passar informes e prestar apoio ao Sílvio Laeth, que sofreu um acidente de moto e teve de se afastar dos trabalhos, bem como ao Wilson Oliveira, que se encontra afastado por problemas de saúde.

A comarca de Camocim é outra com situação preocupante. Com os dois afastamentos, o oficial Sérgio Luiz Pinheiro está, sozinho, recebendo toda a demanda de mandados judiciais. O sindicato se solidariza com Sérgio Pinheiro e reitera que está à disposição dos Oficiais de Justiça da comarca.

É o Sindojus sempre atento às demandas dos Oficiais de Justiça. A entidade vem, de forma contínua, lutando por qualidade de vida e melhores condições de trabalho para toda a categoria.

Oficiais de JustiçaSindojuscomarcasSindojus Cearásobrecargamandados judiciaisapoiodeficitáriasmutirãoforça-tarefasuportebaixa de mandados
SIGA-NOS:

Deixe seu Comentário

Você deve estar logado para fazer um comentário. Clique aqui para entrar.