Nota de pesar

Morre, aos 83 anos, Oseneide de Melo Pinto, pai da oficiala Cíntia Almeida Pinto

O velório será a partir das 20h na Funerária Ternura. A missa de corpo presente ocorrerá amanhã (4), às 9h30, no mesmo local. Já o sepultamento, às 11h, no Cemitério Parque da Paz

03/08/2019

É com profundo pesar que o Sindicato dos Oficiais de Justiça do Ceará (Sindojus-CE) informa o falecimento, no início da tarde de hoje, de Oseneide de Melo Pinto, 83 anos, pai da Oficiala de Justiça Cíntia Almeida Pinto, da Central de Cumprimento de Mandados Judiciais (Ceman) de Fortaleza. Ele deixa a esposa, três filhos e duas netas. O velório será, a partir das 20 horas, na Funerária Ternura – situada à Rua Padre Valdevino, 2255, bairro Aldeota. A missa de corpo presente ocorrerá amanhã (4), às 9h30, no mesmo local. Já o sepultamento, às 11h, no Cemitério Parque da Paz – localizado na Avenida Juscelino Kubitschek, 4454.

“Ele era tudo de bom que um homem podia ser, tinha as melhores qualidades: uma pessoa íntegra, boa, honesta, de um coração imenso. Tudo de mais maravilhoso foi o meu pai. Um excelente ser humano, pai, marido e avô”, disse Cíntia Almeida.

Solidariedade

O Sindojus, em todos dos oficiais e oficialas de todo o Estado, lamenta profundamente tão significativa perda e roga a Deus que conforte o coração dos familiares e amigos de Oseneide de Melo Pinto nesse momento de dor profunda.

Oficiais de JustiçaSindojusnota de pesarsolidariedadeOseneide de Melo PintoCíntia Almeida Pinto
SIGA-NOS:

Deixe seu Comentário

Você deve estar logado para fazer um comentário. Clique aqui para entrar.