Atenção

Sindojus convoca toda a categoria para AGE no próximo dia 30

Ficou agendada para esta sexta-feira (27) reunião, às 10 horas, com o presidente do TJCE, para tratar do repasse do valor das diligências dos Oficiais de Justiça e da nomeação dos aprovados

23/10/2017
Fotos: Milton Figueiredo

Diante das últimas medidas adotadas pelo Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) – com a negativa ao pedido de reconsideração para que seja feito o repasse imediato de todos os valores arrecadados, de janeiro de 2016 até o momento, para custear as despesas com diligências dos Oficiais de Justiça, e a ausência de nomeação de oficiais e oficialas nas duas últimas convocações feitas pelo tribunal –, a diretoria do Sindicato dos Oficiais de Justiça do Ceará (Sindojus-CE) convoca toda a categoria para Assembleia Geral Extraordinária (AGE) que será realizada na próxima segunda-feira (30), às 9h, em local a ser definido. A pauta será divulgada amanhã (24).

Depois de um dia inteiro de reuniões no Tribunal de Justiça, sendo duas pela manhã e uma à tarde, ficou agendada para a próxima sexta-feira (27) reunião, às 10h, com o presidente do TJCE, desembargador Gladyson Pontes, para tratar do repasse dos valores arrecadados com as despesas das diligências dos Oficiais de Justiça e da nomeação de aprovados. Em seguida, às 11h, haverá uma segunda reunião para que o tribunal apresente o resultado dos estudos relativos à Gratificação de Estímulo à Interiorização (GEI) e formule uma proposta.

Reuniões

A primeira reunião de hoje foi para tratar, exclusivamente, de assuntos relativos aos Oficiais de Justiça. O encontro contou com a participação da secretária de Gestão de Pessoas, Ângela Araújo, e do juiz auxiliar da presidência, Luciano Lima. Por parte do Sindojus participaram o presidente Luciano Júnior e os diretores: Mauro Xavier, Vagner Venâncio, Carlos Eduardo Mello, Fernanda Garcia, Glauber Maia, Renan Bezerra e José de Mendonça. Em seguida, teve reunião com a Comissão de Diálogo Permanente, que contou com a participação do consultor Jurídico, Francisco Rolim Júnior; e do secretário de Finanças, Neto Cisne.

Enquanto o presidente Luciano Júnior e o diretor Mauro Xavier participavam da reunião com a Comissão de Diálogo Permanente, os demais diretores e o Oficial de Justiça e vereador Iraguassú Teixeira Filho aguardavam o resultado do lado de fora da SGP

Os gestores informaram que o Tribunal de Justiça dará na próxima segunda-feira (30) um posicionamento final com relação aos descontos que vêm sendo feitos indevidamente da Indenização de Transporte (IT) durante o período das férias. O Sindojus requereu a emissão de crachás para todos os Oficiais de Justiça do Estado, em razão da unificação da nomenclatura, e a emissão de novas identidades funcionais, com modelo sugerido pelo sindicato, com inclusão de chip.

Com relação à ascensão funcional, o tribunal afirmou que em breve irá se pronunciar sobre o edital do interstício 2015/2016. Caso não tenha retorno, o Sindojus irá cobrar este pleito na próxima reunião da Comissão de Negociação, prevista para ocorrer no dia 7 de novembro.

Sobre os oficiais e oficialas que não foram contemplados com a isonomia, O Sindojus, mais uma vez, cobrou a tramitação do processo. Igual pedido feito pelo Sindjustiça se encontra na Consultoria Jurídica. A secretária de Gestão de Pessoas se comprometeu a dar andamento à solicitação.

Nomeação de aprovados

Chamou a atenção da diretoria o fato de o juiz auxiliar, Luciano Lima, afirmar que o Tribunal de Justiça não fará nomeação de Oficiais de Justiça em função do Procedimento de Controle Administrativo (PCA) que tramita no Conselho Nacional de Justiça (CNJ). No último dia 19, o TJ nomeou 28 servidores, sendo 12 analistas e 16 técnicos judiciários, excluindo mais uma vez o oficialato. O Sindojus entende que, desta forma, o tribunal contribui para uma péssima prestação jurisdicional.

Atualmente existem oito comarcas sem Oficiais de Justiça e 24 vacâncias oriundas dos últimos concursos públicos. São cargos já existentes, com dotação orçamentária prevista, porém, o TJ se recusa a fazer as nomeações. Em todo o Ceará, o déficit é de 77 Oficiais de Justiça.

Diretora Fernanda Garcia e os diretores: Glauber Maia, Carlos Eduardo Mello, Renan Bezerra e Vagner Venâncio

 

 

reuniãoTJCEIndenização de TransporteGladyson PontesisonomiaFundo Especial de Custeio das Despesas com Diligências dos Oficiais de Justiçadiligência dos Oficiais de Justiçaascensão

Deixe seu Comentário

Você deve estar logado para fazer um comentário. Clique aqui para entrar.