Nota de pesar

Morre o pai do Oficial de Justiça Wagner Pereira, da comarca de Crato

Gilberto Pereira da Cunha tinha 76 anos e veio a óbito em decorrência de problemas cardíacos. Ele deixa a esposa, Maria Camilo, seis filhos e sete netos

29/06/2018

É com profundo pesar que o Sindicato dos Oficiais de Justiça do Ceará (Sindojus-CE) informa o falecimento, na noite de ontem, de Gilberto Pereira da Cunha, pai do Oficial de Justiça Giulliano Wagner Pereira, da comarca de Crato, região do Cariri. Seu Gilberto tinha 76 anos e veio a óbito em decorrência de problemas cardíacos. Ele deixa a esposa, Maria Camilo, seis filhos e sete netos. O velório será realizado no distrito Dom Quintino Crato/Ceará, na casa em que residia, situada à Rua do Comércio, 155, em horário a ser confirmado (possivelmente a partir das 12 horas). O sepultamento ocorrerá, hoje, por volta das 16 horas.

Muito próximo do pai, Giulliano disse que é difícil defini-lo. “Ele fez tudo pelos filhos. Foi um pai exemplar, um pai que todo mundo gostaria de ter. Não queria nada para ele, era tudo pra gente. Só tinha o primeiro grau. Começou a vida como agricultor, depois foi comerciante, foi uma pessoa que batalhou a vida inteira para ver os filhos formados”, disse.

Solidariedade

O Sindojus, em nome de todos os oficiais e oficialas de Justiça do Ceará, se solidariza com Giulliano Wagner nesse momento de dor profunda e roga a Deus que conforte o seu coração, assim como dos familiares e amigos de seu Gilberto.

nota de pesarsolidariedadeGilberto Pereira da CunhaGiulliano Wagner

Deixe seu Comentário

Você deve estar logado para fazer um comentário. Clique aqui para entrar.